Dicas Úteis Para a Criação de Vídeos

Aqui você ficará sabendo o que é importante na hora de fazer vídeos. Com estas dicas de profissionais do ramo, você aproveitará todo o potencial do seu vídeo :)


Gravar um vídeo

Para fazer um tutorial em vídeo - ou seja, filmar a sua tela - você precisa de um programa de screencast. Com ele, você pode mostrar ao seu público o que você está clicando e o que está "acontecendo" na sua tela. O screencasting é utilizado na criação de tutoriais em vídeo, pois, desse modo, é possível ilustrar exatamente como usar um determinado programa, por exemplo, e adicionar uma faixa de áudio com comentários e explicações.

 

Há vários programas de screencast: você podem, por exemplo, usar o "Camtasia", da Techsmitsh (aqui você pode baixar a versão de teste grátis por 30 dias para o Windows e o Mac).

 

Se você quiser fazer um vídeo propriamente dito, use uma câmera de vídeo ou uma câmera fotográfica (para um vídeo de stop motion, por exemplo). Não esqueça de iluminar bem o que você está filmando e tenha sempre fontes de luz (lâmpadas, luz do sol) suficientes. Para evitar filmagens desfocadas ou tremidas, procure usar um tripé. 

 

Durante as gravações, não esqueça dos seguintes pontos:

  • Iluminação: tenha sempre luz suficiente, principalmente em filmagens interiores (por exemplo, com lâmpadas adicionais). Mesmo quando o espaço onde você encontra parece claro o suficiente, ele muitas vezes aparece escuro nos filmes, já que câmeras de vídeo não são tão sensíveis à luz como os nossos olhos.
  • Áudio: uma má gravação de áudio é algo muito perturbante. Para que o seu áudio fique claro e sem interferências, não deixe de usar um microfone - principalmente um microfone externo, pois microfones de câmeras e laptops geralmente não têm uma qualidade de áudio muito boa. Para tutoriais, já é suficiente um bom microfone de headset - no entanto, não deixe o microfone perto demais da boca para não causar pequenos ruídos de "estalos".

 

Editar um vídeo

Para tornar os seus vídeos incríveis com a sua edição, você precisa de um bom programa de edição. Você pode escolher entre programas grátis, como o Windows Live Movie Maker ou o iMovie (para o Mac) ou, para uma edição mais profissional, o Final Cut Pro ou o Premiere do Adobe, que são pagos. 

A maioria dos programas de screencast têm uma função de edição integrada, com a qual é possível editar um filme imediatamente.

 

Como editar um filme fácil de entender

Principalmente quando se trata de tutoriais, é importante ter em mente uma ordem lógica durante a edição para que o espectador entenda bem o tema apresentado no vídeo. Outro aspecto que facilita a compreensão de um vídeo é a coesão entre imagem e áudio, ou seja, a imagem deve combinar com o que está sendo dito.

E lembre-se: crie um conteúdo compreensível para o público.

Principalmente tutoriais não devem ter uma edição rápida ou caótica demais para que o público não deixe de acompanhar o tema e não perca a vontade de continuar assistindo.

 


 

O tom perfeito

Com música e efeitos sonoros, você pode dar um toque todo especial ao seu vídeo e fazer dele uma obra interessante.

 

Música:

Uma música apropriada sempre cai bem em um vídeo. No entanto, isso não quer dizer que você pode simplesmente usar qualquer que lhe convenha. Antes de publicar um vídeo, você deve certificar-se de que os direitos autorais do artista (compositor, cantor etc.) não estão sendo infringidos.

No Brasil, o ECAD tem os direitos autorais de uma grande parte das músicas mais famosas e você pode entrar em contato com ele ou com a ABPD para saber se uma música é de domínio público ou não. Em Portugal, o órgão correspondente é a AFP. Se uma música for de domínio público, ela pode ser usada gratuitamente: neste caso, geralmente a música está disponível sob licenças "Creative Commons". Você pode encontrar músicas e outros arquivos, por exemplo, nestes dois sites do projeto Creative Commons: na versão portuguesa e na versão brasileira. Outra opção também é o Free Music Archive, onde artistas disponibilizam obras sob licenças ou condições determinadas, ou seja, você terá que usar estas músicas de acordo com as condições da licença (na maioria dos casos, você somente deve indicar o nome do artista no seu vídeo).

No entanto, sempre procure informar-se corretamente: todas as músicas sempre têm indicações sobre a sua licença específica. Por exemplo, caso se trate de uma licença de Atribuição, o uso da música em questão é permitido se o nome do artista for mencionado. Há também licenças que prescrevem se uma música ou o produto final (ou seja, o seu vídeo) podem ser usados para fins comerciais ou não comerciais. Se você quiser ter certeza absoluta do que está fazendo, você pode entrar em contato com o próprio artista.

 

Obviamente, você também pode usar a sua própria música :). Talvez você tenha um instrumento em casa e toque músicas de sua autoria. Outra opção é usar um dos vários programas voltados para a produção de música no computador, mesmo sem ter um instrumento próprio, como o GarageBand (para usuários Mac), por exemplo.

 

Efeitos sonoros:

Se você quiser dar um toque especial ao seu vídeo com efeitos sonoros, dê uma olhadinha no Freesound: lá você encontra vários arquivos de áudio para baixar, de cantos de passarinhos até barulho de chuva caindo. No entanto, preste atenção também nas licenças!

 

Se você for usuário Mac, você também pode usar os Loops da biblioteca da Apple.

 

Importante: O Jimdo não pode publicar vídeos que infrinjam os direitos autorais de outros artistas. Portanto, cuidado com as músicas que você está usando! :)

 

 

 

No mundo inteiro?

 

Você quer que o seu vídeo seja visto em países onde não falam o seu idioma? Nesse caso, você tem duas opções:

  • Fazer o seu vídeo em inglês, já que ele é falado praticamente no mundo inteiro.

Ou

  • Use legendas no seu vídeo. Por exemplo, no YouTube há uma função com a qual você pode legendar um vídeo após fazer o seu upload. Acesse este link para saber como. Se possível, faça as suas legendas em inglês.

 

 

 

E mais...

 

Gravar e editar um vídeo dura mais do que se pensa. Principalmente a pós-produção, ou seja, a edição, a adição de efeitos e música etc. toma bastante tempo. Portanto, não se preocupe se você não conseguir terminar o seu vídeo tão rápido quanto você gostaria. Use o tempo que você achar necessário para que o seu vídeo se torne algo especial. E o mais importante: Divirta-se! :)

 

>> voltar para o Concurso de Vídeos do Jimdo

Navegação